PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5618657
 Online Agora: 11
Crônicas Aristides Souza
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  08/05/2020 às 18h12
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Mãe – Maternidade – Amor – Entrega

08/05/2020 às 18h12

Aristides Souza Gomes

O dia das mães é uma data que deve ser comemorada com grande júbilo por todos os seres humanos, dada a sua identificação com os verdadeiros sentidos do amor,  do carinho, do afeto, do total espírito de doação em todas as dimensões. Trata-se, sem dúvida alguma, daquilo que de mais belo e nobre existe junto de nós, por se constituir na grande dádiva de Deus.

Eis que essa magna data demonstra de formas clara e inequívoca, o verdadeiro elo de ligação entre pais e filhos(as), gerando via de consequência, os cuidados necessários para uma caminhada plena, em sintonia com a prática da boa e sã convivência, dentro dos princípios do respeito, da paz, do diálogo, para que sempre haja um crescimento interior entre ambas as partes, na busca da consecução dos grandes objetivos familiares.

Há muitos anos, o papel da mãe era restrito às tarefas cotidianas caseiras, no cuidado dos filhos menores, enquanto o esposo saía para trabalhar e somente retornava ao lar quando o sol já se punha. Todavia, com o passar dos tempos e consequentes mudanças introduzidas em todas as partes do mundo, a mulher foi chamada a exercer um trabalho digno e nobre, de real grandeza e necessidades prementes para sua plena realização financeira, visando o melhor atendimento  das demandas caseiras, nos casos específicos de uma melhor condição de vida familiar.

Nos dias em que vivemos, existem as empregadas domésticas, devidamente regulamentadas em leis próprias, com todos os seus direitos e deveres trabalhistas, profissões essas exercidas dignamente por mulheres que também são mães de família e que buscam, assim, uma renda familiar para suprimento das despesas caseiras. Portanto, todo trabalho exercido pelas mulheres, em todos os setores da vida privada ou pública, são revestidos da competente dignidade e respeito de todos.

Abre-se aqui um parênteses, para trazermos à tona uma frase dita pelo sumo pontífice, Papa Francisco. "Não existem mães casadas ou solteiras, pois na realidade o que existem são mães." Isso é de um significado transcendental, para que não haja discriminação por parte de qualquer ser humano que sabe e deve sempre valorizar o verdadeiro sentido da vida.

Estamos em pleno mês de maio, o mês consagrado à Virgem Maria, a mãe de Jesus, mãe da igreja e nossa mãe. A verdadeira escolhida do Pai para gerar o menino Deus, por obra do Espírito Santo, conforme anúncio do anjo Gabriel. Verdadeiro exemplo de mãe que, ao lado de José o Carpinteiro, empreendeu todos os esforços no cuidado do Messias, ensinando-lhe os primeiros passos até sua adolescência. Maria também se fez presente na vida pública de seu filho, até que ele viesse a ser crucificado. Amor inquebrantável de filho e mãe, que culminou com a mensagem de Jesus, lá do alto do madeiro, dizendo: "Mãe, eis aí o teu filho, referindo-se ao discípulo amigo, João Batista; e disse mais: filho, eis aí a tua mãe, referindo-se à Maria." Palavras bíblicas que não passam e que demonstram o carinho e gratidão de Jesus a uma mulher que cumpriu aquilo que lhe fora dito: "Eis aqui a serva do senhor, faça-se em mim segundo vossa palavra."

Que todas as mães, indistintamente, sejam sempre reconhecidas por seus filhos(as). Que todas as mamães que já se foram, tenham a certeza do dever cumprido com espírito altruísta  e possam descansar em paz. Que cada um de nós saibamos valorizar o trabalho dedicado de nossas esposas, em suas atividades diárias e no pleno convívio com os filhos(a), demonstrando que o coração sempre fala mais alto em prol do bem e do melhor, com saúde, paz, carinho, afeto e muito desprendimento. 

Um feliz e santo dia das mães com as bênçãos de Deus.

Rio Pomba  -  maio de 2020.

Aristides Souza Gomes






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Crônicas Aristides Souza
24/09/2020
Dia da Árvore e a Primavera
05/09/2020
Independência do Brasil
08/08/2020
Paternidade Responsável
24/07/2020
Acorda Brasil
26/06/2020
A Chama que não se Apaga
12/06/2020
DIA DOS NAMORADOS
05/06/2020
Diálogo, Justiça e Paz
08/05/2020
Mãe – Maternidade – Amor – Entrega
20/04/2020
As Celebrações da Semana Santa
25/03/2020
Campanha da Fraternidade 2020
28/02/2020
Carnaval 2020 em Rio Pomba
30/01/2020
Ato de Bravura e Heroísmo
24/01/2020
Uma fala intempestiva
10/01/2020
O Homem que Venceu o Medo
22/12/2019
Tempo do Advento
29/11/2019
A Verdadeira Amizade
11/11/2019
A Decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal
29/10/2019
O Sínodo da Amazônia
03/10/2019
Semana Nacional do Trânsito
18/09/2019
Independência do Brasil
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br